Seguidores

Translate

20/09/2019

Geleia de marmelo


Geleia de marmelo

Continuamos com os marmelos, e depois da saga da marmelada, vêm a saga da geleia, pelo menos assim temos para todos os gostos, para mais ou menos açúcar.
E para que uso eu a geleia, para dar brilho a bolos, tipo bolo rei, croissant, de fruta. Para adoçar batidos e sumos de fruta.

E tal como faço anotação na marmelada , deixo  aqui que sigo a receita da minha avozinha, no que respeita á quantidade de açúcar fiz com as proporções que já a minha avo fazia, que é o peso do açúcar igual, ao liquido se é muito açúcar, sim é muito açúcar, mas o mesmo ajuda a conservar, e de facto nunca vi geleia da minha avó com bolor, e ela não congelava, nem guardava no frio. Por isso se quiserem mexer na quantidade de açúcar fica ao vosso critério.






Desta vez e para vos mostrar a diferença, roubei no açúcar e diminui a quantidade.
E a cor e espessura ficou diferente da primeira que fiz e que partilhei que podem ver aqui:
Embora essa tenha sido feita na bimby, a bimby e a MCC são de funcionamento igual e pode fazer da mesma forma esta na bimby.




Receita elaborada no: Monsieur Cuisine Connect
Prato: geleias e compotas
Doses: 3 X 300ml
Tempo de preparação: 20 minutos
Tempo de confeção: 90 minutos

Ingredientes:

Cerca de cascas e caroços +/- 650g .

1200 gr de água

700 kg de açúcar usei branco



Preparação:



Coloque no copo os caroços e as cascas junte a água e programe 20 min / 100° / vel 2,

De seguida coe o líquido por um passador fino ou pano e descarte as cascas e caroços.
Coloque a taça na MCC e acione a balança, pese a quantidade de líquido coado, o meu deu 1,100 g.

Adicione o açúcar e programe 90 min / 120° / vel 2 troque o copo medida pelo cesto, de forma a evaporar e apurar melhor e não salpicar para fora.

Ao fim do tempo verifique se já está o ponto de geleia, para o fazer retire uma colher de geleia e coloque sobre um prato frio, se fizer ponto estrada esta boa, retire para frascos para um frasco previamente esterilizado e que vede bem.

Caso ache que não esta no ponto coloque mais tempo na mesma velocidade e temperatura.
Se fizer menos quantidade vai precisar de menos tempo certamente.


Geleia de marmelo


Geleia de marmelo

Depois da saga da marmelada, vêm a saga da geleia, pelo menos assim temos para todos os gostos, eu por exemplo não aprecio marmelada, mas adoro geleia.

E para que uso ei a geleia, para dar brilho a bolos, tipo bolo rei, croissants, de fruta. Para adoçar batidos e sumos de fruta.

E tal como faço anotação na marmelada , deixo  aqui que sigo a receita da minha avozinha, no que respeita á quantidade de açúcar fiz com as proporções que já a minha avo fazia, que é o peso do açúcar igual, ao liquido se é muito açúcar, sim é muito açúcar, mas o mesmo ajuda a conservar, e de facto nunca vi geleia da minha avó com bolor, e ela não congelava, nem guardava no frio. Por isso se quiserem mexer na quantidade de açúcar fica ao vosso critério.

Esta versão com esta quantidade fica mais espessa e mais escura, fiz uma outra versão com menos açúcar e podem ver a cor e a textura aqui:
https://gracatruquesdicas.blogspot.com/2019/09/geleia-de-marmelo_20.html, é na MCC, mas a a bimby e a MCC funcionam da mesma forma nesta receita.








Receita elaborada na bimby/thermomix 
(Tm31/Tm5/Tm6
                                           
Ingredientes:
Cerca de cascas e caroços +/- 600g de
Água 1000gr na tm31 e 1,1200gr na tm5 e 6
1 kg de açúcar usei branco

Preparação:

Coloque no copo os caroços e as cascas junte a água e programe 20 min / 100° / vel 2,
De seguida coe o líquido por um passador fino ou pano e descarte as cascas e caroços.

Monte o copo na bimby, acione a balança e pese a quantidade de líquido coado, consoante a quantidade de líquido junte o mesmo peso em Açúcar, ou seja, 800gr de líquido juntamos 800gr de açúcar .

Adicione o açúcar e programe 60 min / 120° / vel 2
troque o copo medida pelo cesto, de forma a evaporar e apurar melhor e não salpicar para fora.
Ao fim do tempo verifique se já está o ponto de geleia, para o fazer retire uma colher de geleia e coloque sobre um prato frio, se fizer ponto estrada esta boa, mas a minha não estava e tive de colocar mais 20 minutos de depois mais 10 perfazendo 30 min / 120° / vel 2, mas eu fiz um 1,100 gr de líquido. Menos quantidade devera de levar menos tempo a tornar-se geleia.

Retire para um frasco previamente esterilizado e que vede bem.

18/09/2019

O meu primeiro Boião – Maçã Reineta


O meu primeiro Boião – Maçã Reineta

A partir dos 4 meses (de acordo com a indicação do seu pediatra)



Receita elaborada no: Monsieur Cuisine Connect
Prato: bebés
Doses: 10 x 130ml
Tempo de preparação: 20 minutos
Tempo de confeção: 20 minutos

Ingredientes
1800kg de maçãs reinetas sem casca nem caroços cortados em pedaços pequenos.
50gr de água

Preparação:
Colocar toda a fruta cortada em pedaços pequeninos na taça juntar a água e programar 20min/vel 2 temp 100º.
Quando terminar, triturar progressivamente 1min/vel 3/5/7.
Verter para os boiões devidamente esterilizados, fechar ainda quente, esperar amornar e congelar.

Quando quiser dar ao bebé, é só descongelar a temperatura ambiente e servir.

E assim têm sempre á mão boiões caseiros sem corantes nem conservantes para uma saída, ou uma emergência.

Conserve congelado até 6 meses.

Marmelada com vinho do porto


Marmelada com vinho do porto

Continuamos com a saga da marmelada e novas versões.
Vi esta com vinho do porto no site da nit, e decidi experimentar, e gostei muito mais desta versão do que da simples, e quem provou também gostou bastante.

Também descobri já na outra versão da marmelada que a Kcook Multi só deixa triturar acima da velocidade 6 quando cozinhamos até 100º, quando cozinha a 110º deixa de poder aumentar a velocidade.

Quanto a quantidade de açúcar fiz com as proporções que já a minha avozinha fazia, que é o peso do açúcar igual, se é muito açúcar, sim é muito açúcar, mas o mesmo ajuda a conservar, e de facto nunca vi a marmelada da minha avó com bolor, e ela não congelava, nem guardava no frio. Por isso se quiserem mexer na quantidade de açúcar fica ao vosso critério.







Mas a verdade é que acho eu que ninguém come uma taça de marmelada num dia.
Esta só secaram 2 dias.

Receita elaborada no: Kcook Multi Kenwood  no fim veja as indicões para a bimby e MCC
Prato: compotas
Doses: +/- 1kg
Tempo de preparação: 15minutos
Tempo de confeção: cerca 50 minutos

Ingredientes:
850gr de marmelos sem casca nem caroços aos pedaços pequenos
850 gr de açúcar amarelo
100 gr de vinho do porto tinto

Preparação:
Etapa 1
Monte a taça com a lâmina de corte, caso tenha a maxblade use antes a maxblade que os resultados são melhores.
Coloque os marmelos e o vinho do porto na taça e triture 20seg/vel12, baixe o que ficou nas paredes da taça, junte o açúcar e triture 40seg/vel12.

Etapa 2:
De seguida programe 100º / 20 minutos/vel 6, quando terminar triture 1 minuto/vel 12. E volte a programar mais 100º/10 minutos/ vel 6.  Quando terminar triture 1min/ velocidade 12.

Etapa 3:
Abra a taça baixe o que ficou na lateral da taça e programe mais 110º/ 18 minutos/vel 6, e retire a tampa de enchimento, deixando a mesma só pousada sobre a tampa para poder evaporar melhor e não salpicar.

Retire para caixas e alise, deixe arrefecer, coloque papel vegetar cortado a medida das caixas e pincelado com aguardente, não fica a saber a aguardente, e coloque a secar ao sol, dentro de casa numa beirada da janela, não é expor ao sol.

Se for para comer à fatia, convém esperar pelo menos oito dias, mas se o objetivo é barrar o pão ou uma bolacha crocante bastam 24 horas. Eu esperei 3 dias para cortar e para mim esta no ponto certo.
Espero que gostem.
Da próxima coloco como fazer geleia com as cascas e caroços.

BIMBY: 
Para poder elaborar esta receita na bimby, usa estes ingredientes e segue os passos da receita que tenho de marmelada simples, que é esta: https://gracatruquesdicas.blogspot.com/2019/09/marmelada_72.html e nos minutos usa a temperatura 120º ou temperatura varoma no caso da TM31.

Na MCC usa as mesma indicações que na bimby:


Marmelada


Marmelada

Não gostamos de marmelada cá em casa, não sei bem porque, mas é algo que não aprecio muito. Mas este ano as árvores na quinta dos meus sogros estão carregadinhas de marmelos e gamboas. E como se aproxima a vindima, resolvi fazer marmelada e oferecer um miminho a cada participante. E então saiu marmelada em todas as máquinas cá de casa e até os mini chefes ajudaram.

Quanto a quantidade de açúcar fiz com as proporções que já a minha avozinha fazia, que é o peso do açúcar igual, se é muito açúcar, sim é muito açúcar, mas o mesmo ajuda a conservar, e de facto nunca vi a marmelada da minha avó com bolor, e ela não congelava, nem guardava no frio. Por isso se quiserem mexer na quantidade de açúcar fica ao vosso critério.
Mas a verdade é que acho eu que ninguém come uma taça de marmelada num dia.
Esta secou 2 dias.





Receita elaborada no: bimby/ Thermomix

Prato: compotas

Doses: +/- 1kg

Tempo de preparação: 15minutos

Tempo de confeção: cerca 40 minutos



Ingredientes:

850gr de marmelos sem casca nem caroços aos pedaços

850gr de açúcar amarelo
  

Preparação:

Coloque os marmelos na taça e triture 30seg/vel7, junte o açúcar e triture 30seg/vel7.

De seguida programe 30 minutos/vel 3 / 100º

Quando terminar triture 1min/ velocidade progressiva, 4/5/7.

Programe mais 15 minutos/vel 3/ 110º retire a tampa medidora e coloque o cesto por cima para poder evaporar melhor e não salpicar.

Retire para caixas e alise, deixe arrefecer, coloque papel vegetar cortado a medida das caixas e pincelado com aguardente, não fica a saber a aguardente, e coloque a secar ao sol, dentro de casa numa beirada da janela, não é expor ao sol.

Se for para comer à fatia, convém esperar pelo menos oito dias, mas se o objetivo é barrar o pão ou uma bolacha crocante bastam 24 horas. Eu esperei 3 dias para cortar e para mim esta no ponto certo.

Espero que gostem.

Da próxima coloco como fazer geleia com as cascas e caroços.


Marmelada


Marmelada

Não gostamos de marmelada cá em casa, não sei bem porque, mas é algo que não aprecio muito. Mas este ano as árvores na quinta dos meus sogros estão carregadinhas de marmelos e gamboas. E como se aproxima a vindima, resolvi fazer marmelada e oferecer um miminho a cada participante. E então saiu marmelada em todas as máquinas cá de casa e até os mini chefes ajudaram.

Quanto a quantidade de açúcar fiz com as proporções que já a minha avozinha fazia, que é o peso do açúcar igual, se é muito açúcar, sim é muito açúcar, mas o mesmo ajuda a conservar, e de facto nunca vi a marmelada da minha avó com bolor, e ela não congelava, nem guardava no frio. Por isso se quiserem mexer na quantidade de açúcar fica ao vosso critério.
Esta só secou dois dias.
Mas a verdade é que acho eu que ninguém come uma taça de marmelada num dia.






Receita elaborada no: Monsieur Cuisine Connect
Prato: compotas
Doses: +/- 1kg
Tempo de preparação: 15minutos
Tempo de confeção: cerca 40 minutos

Ingredientes:
850gr de marmelos sem casca nem caroços aos pedaços
850gr de açúcar amarelo

Preparação:
Coloque os marmelos na taça e triture 30seg/vel7 , junte o açúcar e triture 30seg/vel7.
De seguida programe 30 minutos/vel 3 / 100º
Quando terminar triture 1min/ velocidade progressiva, começa na velocidade 4 e vai aumentando devagar até a velocidade 7.

Programe mais 12 minutos/vel3/ 110º retire a tampa medidora e coloque o cesto por cima para poder evaporar melhor e não salpicar.

Retire para caixas e alise, deixe arrefecer, coloque papel vegetar cortado a medida das caixas e pincelado com aguardente, não fica a saber a aguardente, e coloque a secar ao sol, dentro de casa numa beirada da janela, não é expor ao sol.
Se for para comer à fatia, convém esperar pelo menos oito dias, mas se o objetivo é barrar o pão ou uma bolacha crocante bastam 24 horas. Eu esperei 3 dias para cortar e para mim esta no ponto certo.
Espero que gostem.
Da próxima coloco como fazer geleia com as cascas e caroços.

Marmelada



Marmelada

Continuamos com a saga da marmelada e da descoberta de uma melhor versão.
Fiz com a lâmina normal e com a maxblade, fica muito melhor de textura quando triturada com a maxblade, mesmo que deixemos triturar mais tempo com a lâmina normal. Por isso de têm a maxblade use essa para fazer esta receita.

Também descobri que a Kcook Multi só deixa triturar acima da velocidade 6 quando cozinhamos até 100º, quando cozinha a 110º deixa de poder aumentar a velocidade.

Quanto a quantidade de açúcar fiz com as proporções que já a minha avozinha fazia, que é o peso do açúcar igual, se é muito açúcar, sim é muito açúcar, mas o mesmo ajuda a conservar, e de facto nunca vi a marmelada da minha avó com bolor, e ela não congelava, nem guardava no frio. Por isso se quiserem mexer na quantidade de açúcar fica ao vosso critério.

Mas a verdade é que acho eu que ninguém come uma taça de marmelada num dia.
Esta só secaram 2 dias.
Vou deixar as fotos feitas com a lâmina normal, feita com a maxblade.
Fotos Maxblade:



Fotos lâmina normal:



Receita elaborada no: Kcook Multi Kenwood
Prato: compotas
Doses: +/- 1kg
Tempo de preparação: 15minutos
Tempo de confeção: cerca 50 minutos

Ingredientes:
850gr de marmelos sem casca nem caroços aos pedaços
850gr de açúcar amarelo

Preparação:
Etapa 1
Monte a taça com a lâmina de corte, coloque os marmelos na taça e triture 20seg/vel12, baixe o que ficou nas paredes da taça, junte o açúcar e triture 40seg/vel12.
Etapa 2:
De seguida programe 100º / 20 minutos/vel 6, quando terminar triture 1 minuto/vel 12. E volte a programar mais 100º/10 minutos/ vel 6.  Quando terminar triture 1min/ velocidade 12.

Etapa 3:
Abra a taça baixe o que ficou na lateral da taça e programe mais 110º/ 15 minutos/vel 6, e retire a tampa de enchimento, deixando a mesma só pousada sobre a tampa para poder evaporar melhor e não salpicar.

Retire para caixas e alise, deixe arrefecer, coloque papel vegetar cortado a medida das caixas e pincelado com aguardente, não fica a saber a aguardente, e coloque a secar ao sol, dentro de casa numa beirada da janela, não é expor ao sol.

Se for para comer à fatia, convém esperar pelo menos oito dias, mas se o objetivo é barrar o pão ou uma bolacha crocante bastam 24 horas. Eu esperei 3 dias para cortar e para mim esta no ponto certo.
Espero que gostem.
Da próxima coloco como fazer geleia com as cascas e caroços.

Conserva de peras ou maçãs.


Conserva de peras ou maçãs.

Este ano felizmente temos imensa fruta nas árvores, e decidi além de compotas e boiões de frutas para os meninos, fazer em conserva. Li bastante sobre como prepara, conservar e pasteurizar. Mas esta é a minha primeira experiência, por isso não consigo precisar ao certo quantos meses duram, mas julgo que bastantes, estes já fiz a um mês.

E quando os for consumir virei aqui atualizar o feedback, até porque fiz dois frascos mais pequenos que só pretendo abrir daqui a 10 e 12 meses, a ver se estão em condições.
Mas parece-me que devido a pasteurização eles são bem capazes de durar.

O que ter em conta para que a receita corra bem?
É seguir a risca, pois o açúcar funciona como antissético se tiver a concentração suficiente do mesmo. Que pelo que li deverá ser acima de 65% do peso da fruta em (marmelada, geleias, conservas). Se usado em pequenas quantidades favorece o desenvolvimento de certos micróbios e provoca a fermentação ou alcoolificação, e logo estraga.
Pode usar a mesma receita, para peras, maçãs, pêssegos, cerejas…
Para estas quantidades usei 2 frascos de 800ml e 1 frasco de 500ml de capacidade, só para terem a noção para quantos frascos dá esta quantidade de líquido.






Receita elaborada na bimby/Thermomix – TM31/TM5/TM6. 
Na MCConnect faz tudo de igual forma.
Na Kcook Multi, usa o misturador e velocidade 4.

Ingredientes:
1200gr de água
750gr de açúcar (usei branco)
2 paus de canela
Casca de 1 limão
1 estrela de anis ou cardamomo, ou algo que gostar (opcional)
+/- 2 kg de peras ou maçãs.

Preparação:
Comece por esterilizar os frascos de vidro, e garanta que os frascos vedem bem. Pode esterilizar da seguinte forma, colocando um tacho ao lume com os frascos e encher de água e deixar ferver. Pode encher os frascos com água e colocar no micro-ondas até a água ferver, ou pode levar os frascos ao forno a 100º durante 30 minutos. Retire os frascos da água e vire para baixo sobre um pano para secarem.

No copo da bimby coloque todos os ingredientes, menos a fruta e programe 20minutos/110º/vel 1.
Enquanto a calda faz, encha um recipiente de água e coloque o sumo do limão. Parta a fruta em quartos, tire o caroço e a casaca e vá colocando dentro do recipiente com a água e o sumo de limão, até ter todas descascadas.

Quando terminar escorra a água a fruta e encha os frescos, encha bem, vá encaixando bem juntinha até cima, porque no último passo a fruta vai encolher um pouco.

Verta a calda por cima da fruta, até encher, pode colocar as especiarias dentro dos frascos.


Feche bem os frascos e coloque os frascos fechados com a tampa para cima, numa panela com água a ferver, água devera ser só até meio dos frascos, e deixe ferver por 20 minutos.


Quando terminar retire os frascos e vire cuidadosamente de cabeça/tampa para baixo e deixe os frascos virados para baixo até arrefecer.

Guarde em sítio fresco e escuro, pelo que li podem durar até 12 meses.

Daqui a 12 meses venho deixar o feedback.


16/09/2019

Bolo preto


Bolo preto

Hoje temos um bolo preto, dizem que é um bolo típico da Madeira, se a receita é original ou não, não tenho a certeza, pareceu-me que era uma receita que já vêm de família, que pode ter sofrido alterações em ingredientes e em quantidades.

Mas isso não interessa, o que interessa é o resultado final, e esse sim ficou bem saboroso e fez sucesso. Eu fui uma delas a alterar, não encontrei mel de cana e usei melaço, dai o meu ter ficado mais escuro. Só depois é que fui pesquisar e ver que mel de cana e melaço não são a mesma coisa.
E onde fui eu buscar esta receita?

Esta receita veio do programa da TVI, a tarde é sua, no qual o André Mendonça da página The Bakeron Wheels participou, contou os seus sonhos e preparou este bolo.

E quem é o André? O André é um seguidor, não sei bem como veio parar a minha página, e mais tarde quis o destino, que eu enquanto Agente Imobiliária, o pudesse conhecer pessoalmente e  tentar ajudar na procura de uma casa a medida dele.

A história do André, vocês não sabem, mas mexe comigo, isto porque também tenho um tio que infelizmente esta numa cadeira de rodas, é um caso mais grave, pois não se movimenta de todo e a comunicação é mais difícil. Ou seja, o meu tio nunca poderá realizar alguns dos seus sonhos, mas com o apoio e amor da família realiza outros.

Não conhecia a história toda do André e na sua entrevista fiquei a conhecer um pouco mais, tenho pena que a própria família não reconheça a força, e a persistência deste moço, e que vivam com o preconceito em vez do amor no coração. Mas mesmo “sozinho” ele não desiste e irá longe certamente.

Podem ver a entrevista completa se tiverem interesse aqui:

Espero que o sonho do André se realize que a sua exposição lhe abra portas e lhe realize sonhos. E tenho pena que tanto escolas, como o estado não criem condições para ajudar pessoas como o André a crescer e a realizar sonhos.







Aqui fica a receita adaptada a bimby

Receita elaborada na bimby/thremomix.
Pratos: Bolos
Doses: 8
Tempo de preparação: 3 minutos
Tempo de confeção: 40 minutos

Ingredientes:
2 ovos M
250 gr de leite
250gr de açúcar
½ colher de café de noz moscada
5gr de canela em pó
Casca de meio limão, só a parte amarela
250gr de farinha peneirada
1 colher de café de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
125gr de mel de cana

Preparação:
Coloque no copo limpo e seco o açúcar e a casca de limão e triture 10seg/vel 9.
Junte o leite, os ovos, a canela, a noz moscada, o mel de cana e misture 40seg/vel4.
Junte a farinha peneirada, o sal, o bicarbonato e envolva 10seg/vel 3.

Caso a farinha não fique bem envolvida, faça o restante com a espátula.

Verta para uma forma tamanho 22 untada e leve ao forno pré-aquecido a 180º entre 30 a 40 minutos, o tempo varia de forno para forno. Faça o teste do palito para verificar a cozedura.

Eu usei uma forma de papel que tal como o André comprei no Continente o ano passado e estas formas não precisam de ser untadas.

Espero que gostem do bolo e partilho aqui a casinha do André para o poderem seguir e quem sabe poder ajudar a crescer.

Página Facebook:
Instagram:
Blogue:

15/09/2019

Bifanas á moda do porto


Bifanas á moda do porto

Quando faço bifanas a receita é sempre esta, em equipa vencedora não se mexe.
Já existe no blogue adaptada a bimby e a kcook Multi e desta vez adaptei a MCC, e ficaram fantásticas na mesma.

A grande diferença é que na bimby faço 800g/ 900gr  e na MCC cabe 1,300 kg de bifanas.
Por isso se quer fazer menos quantidade espreite a as quantidades na receita da bimby aqui:
 e siga as indicações, tempos e velocidades desta receita a baixo, que são os paços certos para na MCC ficarem perfeitas também.




Receita elaborada no: Monsieur Cuisine Connect
Prato: Carne
Doses: 8 doses
Tempo de preparação: 10 minutos
Tempo de confeção: cerca 30 minutos


Ingredientes:
250 gr de cebola
3 dentes de alho
50 g de azeite
1 folha de louro
190gr polpa de tomate
1300 g de Bifanas cortadas em pedaços grandes ( cortadas em 2 ou em 3 se forem muito grandes)
1 cubo de caldo de carne (uso caseiro)
250 g de cerveja (1 mini)
25g de mostarda
sal e pimenta q.b.
40 gr de molho inglês
1 colher de chá cheia de colorau

Preparação:
Coloque a cebola, os alhos e o azeite no copo e pique 5 a 6 seg/vel 5.

Junte a folha de louro seleciona a função dourar e altere o tempo para 5 min/130º

Adicione a polpa de tomate, as bifanas, o caldo de carne, a cerveja, e a mostarda, sal e pimenta, o molho inglês e o colorau, envolva com a espátula e programe novamente função dourar 14 minutos e baixe a temperatura para os 100º.

Abra a taça envolva, até para verificar se não esta nenhuma febra presa na lâmina e programe novamente na função dourar 14 minutos, coloque a temperatura 120º, desta vez retire o copinho medidor e coloque o cesto em cima, desta forma permite apurar mais o molho.

Abra e veja se estão cozinhadas se estiver retire e sirva, caso não esteja, pois, o tempo pode variar de acordo com a grossura das bifanas programe na função dourar mais uns 5 a 7 minutos, a 100º.

Acompanhe as bifanas à moda do Porto com batata frita e salada, ou arroz.
Ou então numa bela carcaça.

Servi com arroz integral, mas ficou demasiado cozinhado e por isso não partilho a receita.




 

Graça - Truques & Dicas Template by Ipietoon Cute Blog Design